A Fundação de Apoio ao Jovem de Iguatu (FAJI) e seus os parceiros sociais iniciaram sua programação educativa de carnaval. Nesta sexta-feira, 01, a Escola Dr. José Gondim recepcionou as entidades visando às comemorações alusivas a festa mais popular do país.  

Com proposta de conscientizar os foliões, a fundação e a rede do projeto composta por Pastoral da AIDS da diocese de Iguatu, SESC, UNIMED, Pharmapelle e Secretaria de Saúde do município foram as escola da rede pública distribuir folders de conscientização de prevenção as doenças sexualmente transmissíveis, dicas de saúde em geral e guias de prevenção as drogas. “Distribuímos protetores solar, e material educativo para esse período aos nossos. Queremos que todos pulem o carnaval com segurança. Fomos muito bem recepcionados”, avaliou Fátima Sobreira presidente da FAJI.

Apesar da cidade não obter programação popular a mensagem aos iguatuenses devem ser reforçadas conforme afirmou a presidente da fundação. “Nosso dever enquanto fundação é nos preocupar com o jovem. Por isso fomos às escolas elaboramos uma programação mais direta esse público no intuito de passar uma mensagem mais direta. Pois grande parte dessa juventude passa a curtir a festa em municípios vizinhos e eles tem que estar cientes e consciente de cada passo”, ressaltou Fátima.

A tarde Escola Profissionalizante Lucas Emanuel e Praça São Sebastião (Praça da Casa de Saúde) receberão os agentes da FAJI e seus parceiros. 

“Bliz de Carnaval”

A programação educativa de carnaval nasceu com a “Bliz de Carnaval”. Onde o material orientativo e brindes são distribuídos nos sábados de carnaval no Semáforo da Rua Dr. João Pessoa próximo aos correios de Iguatu. “Estendemos nossa programação. Mas a tradicional blitiz continua”, finalizou Fátima.

Parceiros

Sesc, UNIMED, Pastoral da Aids, Diocese de Iguatu, Fharmapele, Sec. de Cultura, Sec. de Saúde, Demutran, O Boticário e Cacau Show.

 

FAJI

É uma instituição de direito privado sem fins lucrativos que atua no município de Iguatu, visando apoiar e executar projetos e serviços. Foi fundada em 20 de junho de 2003, tendo como atividades principais dar suporte ao funcionamento da rádio educativa mais FM de Iguatu através de convênios e parcerias, buscando um forte envolvimento com a juventude de Iguatu, a fim de desenvolver projetos na área social.  O primeiro projeto desenvolvido pela Fundação é a própria Rádio Educativa Mais Fm, que abriu seu sinal no dia 1° de abril de 2007.